Uma patrulha da PSP de Oeiras salvou um homem de 27 anos, caído na linha férrea de Algés, com uma fratura exposta, depois de ter sido colhido por um comboio.

O incidente ocorreu na passada segunda-feira, 5 de julho, pelas 19:00, mas só agora a Polícia de Segurança Pública explica o que aconteceu naquele dia.

Os agentes estavam perto da estação de Algés, no âmbito da operação "Verão Seguro", quando viram "o homem a transpor as grades que ladeiam a via ferroviária e a deslocar-se para a linha férrea".

A vítima acabou por ser colhida por um comboio, tendo ficado caída sobre a linha, com uma fratura exposta, sem possibilidades de escapar a um segundo comboio que se aproximava a grande velocidade.

Em ato contínuo e antes que pudesse ser impedido pelos Polícias, o cidadão foi embatido por uma composição ferroviária que ali passou. Perante a situação, os Polícias correram para o local, transpuseram o gradeamento no sentido de alcançarem a vítima e de socorrerem. Para além do socorro à vítima que estava ferido sem qualquer capacidade de locomoção devido a fratura exposta, os Polícias tinham de sair da via férrea  pelo perigo a que todos estavam expostos, dado que a composição que colheu o cidadão não parou e outra se aproximava deles a grande velocidade", conta a PSP.

Os agentes conseguiram retirar o homem da linha, "transpuseram a vedação e transportaram-no para a Avenida da Índia, onde de pronto o colocaram em segurança e prestaram os primeiros socorros até à chegada de meios de socorro que entretanto acionaram".

A vítima sofreu ferimentos a nível da cabeça e membros inferiores, tendo sido transportada para o hospital já fora de perigo.

Salienta-se a célere intervenção dos polícias, a sua coragem, sangue frio, prontidão e risco para as próprias vidas, que permitiram salvar um cidadão de um fim trágico", sublinha o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

Catarina Machado