O Departamento da PSP de Armas e Explosivos está esta terça-feira a realizar diligências à casa de onde originou uma explosão que feriu gravemente uma criança de 11 anos.

Ao que a TVI24 conseguiu apurar, as autoridades estão a tentar perceber que tipo de engenho detonou e o porquê de estar armazenado dentro daquela casa em Santa Marta de Portuzelo, Viana do Castelo.

A explosão, que ocorreu perto das 13:30 horas, danificou parcialmente a casa que estava desabitada há quase uma década e que tinha sido comprada recentemente pela família da criança vítima. 

A TVI sabe que o incidente aconteceu após a criança ter encontrado um objeto - “um detonador de explosivo”, segundo a PSP - que não identificou, tendo começado a brincar com ele.

Fonte disse ainda que os pais da vítima estavam a tratar de processos relacionados com o restauro habitacional da casa, para onde tencionavam ir viver. A casa terá pertencido a um serralheiro.

Os vizinhos falam de uma explosão com um som idêntico a um tiro ou um foguete. Não muito grande, mas o suficiente para deixar esta criança natural de Viana do Castelo em estado grave.

No local da explosão estiveram operacionais dos Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo, tal como profissionais do INEM e militares da GNR.

A criança está neste momento a ser assistida no Hospital S. João, acompanhada pelos pais.

Mariana Barbosa