A autoestrada A13 esteve cortada nos dois sentidos durante cerca de duas horas e meia, no concelho de Tomar, distrito de Santarém, devido a um acidente que envolveu duas viaturas ligeiras e provocou quatro feridos, três delas graves, sendo duas crianças e uma mulher de 90 anos, confirmou a TVI.

Fonte do Comando Distrital de Operações (CDOS) de Santarém disse à Lusa às 15:42 que a autoestrada A13 estava cortada nos dois sentidos, devido a ter aterrado no local um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência (INEM) que deveria fazer o transporte para o hospital de um dos feridos graves, o que acabou por não acontecer, tendo sido todos transportados de ambulância.

Os feridos graves são duas crianças, uma com quatro e outra com 12 anos, e uma mulher de 90 anos.

De acordo com a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o acidente aconteceu às 14:26 ao quilómetro 132 da A13, no sentido norte-sul, no concelho de Tomar, freguesia de São João Batista e Santa Maria dos Olivais.

Por seu turno, fonte da GNR de Santarém confirmou o corte do trânsito nos dois sentidos da A13 e acrescentou que o acidente, no sentido norte-sul, envolveu duas viaturas ligeiras.

A circulação nos dois sentidos foi restabelecida às 16:48, disse à Lusa fonte dos bombeiros..

No local, nas operações de socorro às vítimas estiveram 23 operacionais e dez veículos, entre as quais quatro ambulâncias e duas viaturas médicas de emergência e reanimação (VMER/INEM), meios dos bombeiros de Tomar e Ferreira do Zêzere, GNR e o meio aéreo.