Um homem, de 44 anos, foi este domingo detido pela Polícia Judiciária, em São João da Madeira, acusado da autoria de um crime de homicídio qualificado. De acordo com o comunicado da PJ, o homem terá asfixiado uma mulher até à morte depois de forçá-la a ter relações sexuais.

Os factos ocorreram durante a manhã do dia 8 de setembro, em São João da Madeira.

Diz o comunicado que "o detido, após ter conseguido atrair a vítima de 61 anos até ao interior da sua habitação, com o pretexto de lhe oferecer um café por esta o ter transportado na sua viatura até ali, referiu-lhe que com ela queria manter relações sexuais, o que foi recusado".

O detido recorreu à força física aplicando à senhora, ao que tudo indica, um golpe de estrangulamento denominado mata-leão que terá sido a causa da morte", esclarece a nota.

O homem, toxicodependente, terá deitado a vítima sobre a cama e terá mantido relações sexuais.

O detido tem antecedentes criminais pela prática de crimes de tráfico de estupefacientes, violação e sequestro e vai ser presente à Autoridade Judiciária competente para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.