Duas famílias de Lousada que estavam internadas no Hospital de S. João em tratamento por infeção de Covid-19 deverão regressar esta sexta-feira às suas residências, naquele concelho do distrito do Porto, disse à Lusa fonte autárquica.

Segundo o vereador da Saúde, Nelson Oliveira, a autarquia foi contactada pela assistente social do hospital, dando conta daquela informação, envolvendo uma família de quatro pessoas e outra de duas.

A situação clínica das pessoas ainda requere alguns cuidados, mas "está controlada e em remissão", explicou, referindo que as pessoas quase não apresentam sintomas e, por isso, regressam a casa, onde vão continuar os tratamentos, em situação de isolamento.

A autarquia, referiu, já contactou com uma das famílias e foram providenciados bens alimentares pelo município.

Em relação à segunda família, a câmara aguarda o contacto do hospital para adotar o mesmo procedimento.

São notícias positivas para o nosso concelho, mas que nos fazem enfrentar mais um desafio, que é a salvaguarda e o cuidado destas pessoas que tiveram esta infelicidade", comentou o vereador.

O autarca acrescentou que está a ser montada uma "estratégia de trabalho" para essas pessoas "serem recebidas da melhor forma".

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.300 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde (OMS) a declarar a doença como pandemia.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou este sábado o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (57), ao passar de 112 para 169, dos quais 124 estão internados.

/ CE