A situação na avenida D. Carlos I, em Lisboa, onde foi evacuado um prédio devido ao cheiro a gás, encontra-se normalizada, disse à Lusa fonte do Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB).

Apesar das medições feitas pelos bombeiros e pela empresa Lisboa Gás não foi possível determinar o motivo pelo qual foi sentido o cheiro a gás, não se tendo detetado qualquer fuga, acrescentou a mesma fonte.

Foi inconclusivo”, declarou.

Um prédio, situado no número 60 daquela avenida, onde funciona, no rés-do-chão uma dependência bancária, chegou a ser evacuado por precaução, tendo o RSB mobilizado 14 efetivos e quatro viaturas para o local.