Sete chefes da equipa do serviço de urgência do Garcia de Orta apresentaram na segunda-feira demissão


De acordo com o ministro, existe «a possibilidade de resolver esta situação, entre hoje e o princípio da próxima semana, e também se for necessário, far-se-á o desvio de doentes para outros hospitais».