O presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) anunciou, esta terça-feira, no Parlamento, que já foram celebrados os contratos para os três novos helicópteros e que aguarda apenas o «sim» do Tribunal de Contas (TC).

«O contrato já foi celebrado, foi enviado para o TC e aguardamos o visto. Queremos iniciar a prestação de serviços o mais brevemente possível», disse Abílio Gomes, ouvido na Comissão de Saúde a pedido do CDS-PP.

Recorde-se que estes três novos helicópteros, a estacionar em Macedo de Cavaleiros, Aguiar da Beira e Ourique, foram prometidos em 2007, no âmbito da requalificação da rede de urgências.

INEM vai ter mais três helicópteros

Entretanto, a aquisição destes helicópteros esteve envolta em polémica, uma vez que um estudo do gabinete de planeamento e controlo de gestão do próprio INEM questionou a sua necessidade.

«Agora estão estacionados no Tribunal de Contas», brincou o deputado João Semedo, do Bloco de Esquerda.
Catarina Pereira