“Os hospitais com capacidade instalada superior a 200 camas seriam aqueles com maiores poupanças”, lê-se no documento.


“Ao externalizar o laboratório, os pacientes também beneficiam deste modelo, já que potencia o acesso a análises inovadoras e aumenta a qualidade nos cuidados prestados”, indicam os autores.