Em termos de segurança para as pessoas, "o risco é minímo, é reduzidíssimo porque não há nenhum foco em Portugal", referiu.






Diário de Notícias















Redação