Dez pessoas em situação irregular, duas delas com passaportes diplomáticos falsificados, foram detetadas na quinta-feira no aeroporto de Lisboa, informou hoje o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Segundo um comunicado da instituição foram detetadas duas mulheres que faziam escala de um voo com origem na Bolívia, com destino a Madrid, que tentavam embarcar com passaportes diplomáticos falsificados.

Os inspetores do SEF encontraram “características anormais” nos documentos e depois de análise mais precisa perceberam que os passaportes tinham sido alterados, para que as duas mulheres entrassem em Espanha sem o necessário visto, explica-se no comunicado.

Também no aeroporto de Lisboa foi recusada a entrada a dois passageiros, por não comprovarem o objetivo e condições da estada, e detetados outros seis cidadãos sob os quais pendiam medidas cautelares, um deles com mandado de captura e detenção.

Agência Lusa / HCL