As várias estradas em direção a Fátima "não registam qualquer constrangimento" de trânsito esta sexta-feira de manhã, dia em que o Papa Francisco inicia a visita ao santuário, disse à agência Lusa fonte da GNR.

De acordo com a Guarda Nacional Republicana, até às 09:45 não se registava qualquer constrangimento no trânsito, quer na autoestrada 1 (A1), quer nas estradas nacionais que vão dar a Fátima.

A fonte do posto territorial da GNR de Fátima adiantou que há algumas zonas com trânsito mais intenso devido aos peregrinos que ainda se deslocam a pé para a Cova de Iria.

A GNR afirmou também que os parques de estacionamento da zona norte do santuário 2, 3, 4, 5 e 6 estão completos, existindo vagas nas bolsas de estacionamentos fora de Fátima.

A mesma fonte disse ainda que os parques de estacionamentos para os autocarros de 11 a 14 têm vagas.

O Papa Francisco visita Fátima, esta sexta-feira e no sábado, para canonizar os pastorinhos Francisco e Jacinta, no centenário dos acontecimentos da Cova da Iria.

Os dois beatos são os mais jovens santos não-mártires. A cerimónia, a primeira realizada em Portugal, vai decorrer em Língua Portuguesa.

378 pessoas atendidas nos serviços de saúde do recinto, na maioria situações simples

Os serviços de apoio à saúde em Fátima atenderam até esta sexta-feira de manhã 378 pessoas, a maioria peregrinos e com situações de simples resolução, tendo quatro sido transferidos para o hospital, revelou o comandante nacional de proteção e socorro.

Em declarações à agência Lusa, Rui Esteves indicou que no âmbito da operação de proteção e socorro montada para a visita do papa Francisco a Fátima, os vários serviços de saúde – postos médicos do INEM e da Cruz Vermelha Portuguesa e Bombeiros – atenderam, até às 09:00 desta sexta-feira, 378 pessoas.

Todos foram avaliados e as situações resolvidas. Tratou-se de situações simples, algumas relacionadas com o cansaço dos peregrinos, entorses ou dores nos pés causadas pelos longos percursos”, adiantou.

De acordo com Rui Esteves, quatro pessoas foram transferidas para o hospital para receberem cuidados mais diferenciados.

No terreno, estão 668 operacionais, apoiados em 625 veículos, que asseguram o cumprimento da fase dois do planeamento para as comemorações do Centenário das Aparições, que contam com a presença do papa Francisco, que chega a Fátima às 17:35.

De acordo com Rui Esteves, não há registo de qualquer situação excecional e tudo está a decorrer de acordo com o expectável.

No recinto do Santuário são já centenas as pessoas que assistem às várias celebrações religiosas na Capelinha das Aparições, munidas de chapéus para se protegerem contra a chuva que tem marcado estas celebrações.

/ AR