Os dois suspeitos de matar um jovem de 18 anos em novembro na Quinta do Conde, em Sesimbra, ficaram esta sexta-feira em prisão preventiva, disse à Lusa fonte policial.

A medida de coação, a mais grave, foi aplicada após a audição em primeiro interrogatório.

Os detidos, de 18 e 19 anos, são suspeitos de serem os autores de homicídio qualificado, a 16 de novembro, por alegadamente terem agredido com violência a vítima, “a soco, pontapé e com objetos de natureza contundente", devido a uma dívida contraída na aquisição de produto estupefaciente, refere um comunicado divulgado hoje pela Polícia Judiciária (PJ).

De acordo com a polícia, os dois arguidos consumaram o crime numa zona descampada, na Quinta do Conde, no distrito de Setúbal.

O corpo da vítima foi encontrado por um homem que passava junto ao campo de futebol da Associação para o Desenvolvimento da Quinta do Conde e que avisou os militares do posto local da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Redação / STS