A GNR, através do Posto Territorial de Santo António, pôs termo, na passada segunda-feira, a um convívio ilegal com sete pessoas num armazém devoluto em Santo António da Charneca. 

A Guarda teve conhecimento da ocorrência através de uma denúncia, e informa que os militares deslocaram-se de imediato para o local. 

Os sete indivíduos presentes no convívio tinham idades compreendidas entre os 20 e os 44 anos, e encontravam-se a consumir bebidas alcoólicas, num "incumprimento das normas e medidas vigentes para a contenção da epidemia e redução do risco de contágio da doença covid-19".

Desta ação, segundo informa a GNR, resultaram sete autos de contraordenação por "violação do dever geral de recolhimento domiciliário".

O Comando Territorial de Setúbal contou, nesta ação, com o reforço do Posto Territorial do Montijo e do Destacamento de Intervenção (DI) de Setúbal.

De acordo com as medidas impostas pelo estado de emergência face à evolução da situação epidemiológica do país, encontram-se encerradas as instalações e estabelecimentos como discotecas, bares, salões de dança ou de festa", recorda a GNR.

Diogo Assunção