A PSP apanhou, esta quarta-feira à noite, três suspeitos de incendiarem caixotes do lixo no Bairro da Bela Vista em Setúbal.

A TVI apurou que os três suspeitos foram apanhados em flagrante delito, mas só um foi detido uma vez que os outros dois são menores.

A PSP montou uma operação de vigilância depois de se terem verificado várias ocorrências e atos de vandalismo nas últimas noites.

O jovem de 16 anos  saiu em liberdade por decisão do Ministério Público, revelou à agência Lusa uma fonte policial.

O jovem, que responde criminalmente por já ter completado os 16 anos, foi apanhado em flagrante, juntamente com outros dois menores, que, por terem apenas 13 e 14 anos, foram apenas identificados e entregues aos pais.

Segundo a mesma fonte da PSP, pouco tempo depois da libertação dos três jovens foi detetado um novo foco de incêndio, desta vez num autocarro dos TST - Transportes Sul do Tejo que se encontrava estacionado na Rua Álvaro Gomes, na zona da Bela Vista, e que ficou completamente destruído.

Fonte da empresa confirmou à agência Lusa que o incêndio no autocarro não foi nenhum acidente, mas um "ato de vandalismo" que já está sob investigação policial.

De acordo com o Comando Distrital de Operação de Socorro (CDOS) de Setúbal, durante a noite os bombeiros foram chamados para cinco ocorrências de incêndio em caixotes do lixo na zona da Bela Vista, a última das quais às 22:50, hora a que a PSP de Setúbal conseguiu capturar os três menores que tinham incendiado pelo menos um caixote do lixo.

Oficialmente a PSP de Setúbal nada diz sobre o incidente com o autocarro.

No concelho de Loures, um carro da Polícia de Segurança Pública foi apedrejado e atingido por um "dispositivo incendiário" durante a última madrugada, na sequência de um incêndio num caixote do lixo.