Um casal com 80 e 81 anos de idade ficou esta quinta-feira desalojado por causa de um incêndio urbano, na freguesia de Silgueiros, concelho de Viseu, que afetou sete casas, disse à agência Lusa o comandante das operações.

Atingiu sete casas de habitação, das quais três devolutas, duas que são segundas habitações - as pessoas estão no estrangeiro - e mais duas que estavam a ser habitadas. Resultaram dois desalojados”, explicou o segundo comandante dos Bombeiros Municipais de Viseu, que comandou as operações.

Rui Nogueira contou ainda que “a casa que ficou com maiores danos, era onde vivia o casal, com 80 e 81 anos” e que, “eventualmente, terá sido aí que começou o incêndio, mas é uma situação que só as autoridades policiais poderão dizer”.

As outras casas têm danos parciais, não foi preciso desalojar ninguém”, acrescentou.

O alerta para o Centro Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Viseu foi dado às 15:12 e, às 18:00, o incêndio, que, segundo o comandante, não provocou feridos, estava “resolvido, a terminar as operações de rescaldo”.

O casal que ficou desalojado, explicou Rui Nogueira, “foi assistido no local, mas sem apresentar qualquer ferimento”.

Segundo fonte da proteção civil da Câmara Municipal de Viseu, o casal octogenário “esta noite fica aos cuidados de um lar de idosos na freguesia de Silgueiros” e, a partir de sexta-feira, “o processo vai ser encaminhado na autarquia para que possam ser realojados”.

Em Bela Vista, na freguesia de Silgueiros, conselho de Viseu, estiveram 19 veículos, com 74 operacionais dos Bombeiros Municipais e Voluntários de Viseu, de Cabanas de Viriato, em Carregal do Sal, e de Tondela.