A Guarda Nacional Republicana (GNR) registou 10 mortos e 30 feridos graves, durante a Operação Carnaval, até às 22:35 de hoje, disse à agência Lusa um oficial do Comando Geral.

A GNR foi chamada a intervir em «890 acidentes», registados desde sexta-feira, dia em que começou a operação nas estradas nacionais, afirmou o oficial.

O último acidente com uma vítima mortal, ocorreu em Santarém, em que o condutor de um ciclomotor se despistou acabando por morrer devido à violência do embate.

Em termos de trânsito o oficial referiu que a única artéria com mais afluência de tráfego, ainda com alguma resistência, apesar de se encontrar em fase de regularização são os acessos à ponte 25 de Abril, concluiu o Comando.