A Unidade Nacional de Trânsito da GNR registou 189 acidentes de viação na quarta-feira, dos quais resultaram duas mortes, tendo sido detidos 53 condutores por excesso de álcool, falta de carta de condução e outros motivos, indica o «site» oficial da GNR, escreve a Lusa.

Dos acidentes de viação resultaram também 60 feridos, 12 dos quais em estado grave, refere a mesma fonte.

Seis mil condutores fiscalizados

Na quarta-feira, a UNT/GNR fiscalizou 5.925 condutores, elaborando 1.272 autos de contra-ordenação, dos quais 373 correspondem a infracções graves e 61 a infracções muito graves.

Foram detectados 333 excessos de velocidade e 74 condutores ou passageiros sem cinto de segurança.

Por falta de seguro obrigatório foram levantados 39 autos, 54 por incumprimento da inspecção periódica obrigatória e 49 por utilização ilegal do telemóvel.

O controlo do álcool na estrada abrangeu 1.240 condutores: 29 apresentaram excesso, dos quais 14 foram detidos por ultrapassarem 1,20 gramas de álcool por litro de sangue.

Foram ainda detidos 29 condutores por conduzirem sem carta e 10 por outros motivos.