Um sismo com magnitude 3,2 na escala de Richter foi registado esta sexta-feira de manhã na ilha do Faial, nos Açores, adiantou a Proteção Civil açoriana.

Num comunicado emitido ao início da tarde, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores refere que, segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA) o sismo foi registado às 10:03 na hora local (mais uma hora em Lisboa) e teve epicentro a cerca de 34 quilómetros a oeste de Capelo.

De acordo com a informação disponível até ao momento, o sismo foi sentido com intensidade máxima III (escala de Mercalli Modificada) nas freguesias de Capelo, Praia do Norte, Feteira, Angústias e Matriz (concelho da Horta), acrescenta o comunicado.

Há um mês que os Açores vivem uma crise sísmica intensa com o registo mais de mil abalos de baixa intensidade. Ainda assim, muitos deles são percetíveis pelas populações. Esta é a terceira crise registada este ano.

Mário Lopes, professor e investigador do Instituto Superior Técnico, falou no Jornal das 8 sobre esta crise sísmica nos Açores. O professor afirmou que, independentemente das crises sísmicas, Portugal vive num risco permanente de ocorrer um grande terramoto

O perigo dos grandes sismos existe, havendo crises sísmicas nos Açores ou não", defende o investigador Mário Lopes.

/ SS