A jovem surfista Mariana Rocha Assis foi esfaqueada na passada sexta-feira à noite, depois de ter sido vítima de uma tentativa de violação.

Foi através das redes sociais que Mariana contou o susto que viveu. A jovem encontrava-se sozinha no paredão do Estoril e estava a regressar a casa, quando foi abordada por um estranho que a tentou violar. Ao tentar defender-se, acabou por ser esfaqueada na zona do abdómen.

A surfista e skater partilhou uma fotografia tirada ainda no hospital, onde mostra o local onde foi esfaqueada. Mariana Rocha Assis mostra-se otimista e com uma promessa: "Voltarei à água o mais rápido possível".

Sim, é verdade, a vida é demasiado curta, por isso apreciem-na. Obrigada ao cobarde que tentou atacar-me e me esfaqueou. Obrigada a todos pelos pensamentos positivos e orações, estou feliz por estar viva. Infelizmente, parece que o Brasil vai ter de esperar. Voltarei à água o mais rápido possível."

 

A jovem competidora da Liga MEO Surf foi assistida no Hospital de Cascais e já se encontra em casa a recuperar. Utilizou novamente as redes sociais para expressar aquilo que estava a sentir.

Raiva, frustração, dor, medo, nem tenho a certeza daquilo que sinto… Não só por saber a sorte que tive, mas pelo facto daquele filho da mãe ainda andar por aí. Para aqueles que continuam a perguntar ou para aqueles que já estão a contar coisas que não aconteceram, aqui está a história: estava a ir para casa sozinha à noite quando um homem tentou violar-me. Ele não o fez. Tive a sorte de ter o sangue frio para lhe dar uma joelhada nos tomates e ele, de seguida, esfaqueou-me na barriga. Tenho muito respeito por todas as mulheres que não conseguem reagir como eu fiz e que são violadas por essas pessoas loucas que estão à solta e que deveriam estar no inferno. Agradeço a Deus por estar viva. Para aqueles que me ligaram e enviaram mensagens desculpem não ter respondido, mas o telemóvel não parou de tocar.”

No ano passado, Mariana Rocha Assis foi campeã de skate no Japão e ocupa, neste momento, a nona posição do ranking feminino da liga nacional de surf.