«Os projectos do Governo, sejam sobre eutanásia ou casamento entre pessoas do mesmo sexo, são questões puramente da sociedade civil, da ordem pública, em que as igrejas não devem interferir»





«Há um abuso das instituições religiosas ao intervir na sociedade civil»











Redação / CR