Manuel Pedro, ex-sócio da empresa Smith&Pedro que promoveu o Freeport, em Alcochete, encontra-se esta manhã a ser ouvido no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) em Lisboa.

O empresário, que já tinha sido ouvido na passada terça-feira, volta esta sexta-feira a prestar declarações aos procuradores encarregues do processo.

Refira-se que segundo o Procurador-Geral da República, já «há arguidos» no caso Freeport, mas sem adiantar nomes. A imprensa desta manhã assegura que dois deles são precisamente Manuel Pedro e o seu ex-sócio Charles Smith, que ontem foi ouvido no DCIAP durante cinco horas.

Segundo a coordenadora do DCIAP, Cândida Almeida, a audição para qual foi convocado o cidadão escocês radicado em Portugal decorreu a pedido do próprio empresário e foi realizada pelos procuradores Vítor Magalhães e Pais Faria.
Redação / CR