O juiz Ivo Rosa já decidiu o sentido do debate instrutório do processo Marquês, mas só irá revelá-la depois de terminado o confinamento e levantado o estado de emergência.

José Sócrates, Ricardo Salgado e mais 26 arguidos terão de esperar assim mais algumas semanas até saberem se, quem e em que situação irão ou não a julgamento.

A sala onde decorreu todo o debate instrutório, no Campus de Justiça, chegou a estar reservada para dia 19 de fevereiro, mas o juiz emitiu um despacho a dar conta de que a leitura da decisão instrutória ainda não tinha data marcada.

À TVI, o Conselho Superior da Magistratura já tinha confirmado que a exclusividade de Ivo Rosa no processo Marquês já terminou, o que significa que a decisão está pronta.

Ao que a TVI apurou, o documento pode ultrapassar as 4 mil páginas da acusação.

Uma das decisões mais esperada diz respeito a que crimes podem ou não ser levados a julgamento, como corrupção, o crime mais grave de que o antigo primeiro-ministro está acusado.