Uma grávida de nove meses foi agredida violentamente pelo companheiro na via pública, em Alverca, na terça-feira.

A agressão foi testemunhada por um agente da Unidade Especial de Polícia, que estava de folga e passava de carro pelo local.

Este agente ainda conseguiu auxiliar a vítima, que estava caída no chão, dominando o agressor com um golpe de mata-leão.

O homem foi, depois, detido pela PSP, que entretanto acorreu ao local, depois de o agente de folga ter dado o alerta.

Esta quarta-feira, o agressor está a ser ouvido no tribunal de Vila Franca de Xira.

A vítima encontra-se hospitalizada em estado grave.

A TVI teve acesso a várias imagens, como o momento em que o agente de folga domina o agressor, depois de, sem sucesso, ter tentado acalmá-lo.

No vídeo é possível ver, também, a grávida caída no chão, com as mãos na cabeça, com o agressor à sua volta.

Uma testemunha contou à TVI que viu o homem "em cima da barriga da mulher a tentar asfixiá-la". Isto aconteceu num momento em que o agente de folga dava indicações, através do telemóvel, sobre o local onde se encontrava.

Outra testemunha disse à TVI que as agressões entre o casal, que se prepara para ter o terceiro filho, são frequentes e que inclusive viu o homem a tentar forçar a mulher a beber uma cerveja quando esta se encontrava grávida da primeira filha.