Arranca esta sexta-feira a campanha “Taxa Zero ao Volante” da PSP. Entre dia 1 e 5 de outubro, a ANSR, PSP e GNR vão fiscalizar e alertar os condutores para o risco da condução sob a influência de álcool.

As operações de fiscalização e consciencialização vão espalhar-se de norte a sul do país, em pontos de maior afluência de tráfego rodoviário.

No dia 1 de outubro, a operação das autoridades vai estar montada junto às portagens de Alverca do Ribatejo, ao quilómetro 14 da A1, a partir das 20:00.

No dia 2 de outubro, as forças de segurança vão focar-se no centro do país. O controlo será feito na Rotunda do Eucalipto, em Coimbra, a partir das 14:00.

No dia 3 de outubro, a fiscalização da PSP vai centrar-se no norte do país, mais precisamente na Maia. A operação vai decorrer no nó entre a A3 e a A41, desde as 14:00.

No dia 4 de outubro, as autoridades vão focar-se no Porto. A fiscalização terá início às 20:00, no Jardim da Cordoaria, junto à antiga Cadeia da Relação.

No dia 5 de outubro, o controlo estará centrado na Arrifana, a partir das 14:00, ao quilómetro 172 do IC2.

A ANSR, PSP e GNR lembram que na condução sob a influência de álcool é um risco para a segurança de todos os elementos que coabitam na estrada.

Com uma taxa de álcool no sangue de 0,5 g/l o risco de sofrer um acidente grave ou mortal duplica. Os acidentes que decorrem da condução sob a influência do álcool são particularmente graves”, referem as autoridades.

A campanha “Taxa Zero ao Volante” está inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2021 e visa alertar os condutores para os riscos da condução sob efeito de álcool.

Um em cada três condutores mortos em acidentes de viação apresenta uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 0,5 g/l e três em cada quatro destes condutores apresentam uma taxa igual ou superior a 1,2 g/l”, alertam.

Nuno Mandeiro