«Já não é fácil identificar situações pontuais. O problema é estrutural, é um erro de origem, relacionado com a política de empregabilidade, com a política de renovação de quadros e com a emergência do setor privado: hospitais enormes com grande capacidade de resposta.»