Miguel Sousa Tavares regressa à TVI para editar o Jornal das 8 das segundas-feiras. O jornalista, que terá um espaço de comentário no horário nobre, será o responsável pela escolha de conteúdos do Jornal das 8 à segunda-feira, naquela que será uma edição de autor. Na apresentação da nova grelha da TVI, no Sud Hall, em Lisboa, o comentador mostrou-se entusiasmado com o desafio que o próprio revela ser um "desejo antigo". 

Não vamos inventar a roda ou mudar o país e o mundo, vamos tentar fazer algo diferente", afirmou Miguel Sousa Tavares, a partir da redação da TVI, em Queluz de Baixo.

"Quero criar um jornal televisivo do qual eu próprio fosse um espetador assíduo", foi assim que Miguel Sousa Tavares elevou a fasquia do projeto que estreia na noite desta segunda-feira. O jornalista destacou ainda os mais de 300 mil espectadores que a televisão (todas juntas) perdeu e quer fazer regressar essas pessoas. 

Há mais novidades sobre a Informação da TVI, líder de audiências em Portugal: vai nascer um novo espaço de investigação conduzido pela jornalista Ana Leal. O diretor de Informação da TVI, Sérgio Figueiredo, revelou que "as reportagens controversas vão ter um horário e um dia marcado no Jornal das 8".

O regresso da Liga dos Campeões foi outro dos destaques na apresentação. O diretor de Informação revelou que a liga milionária na TVI tem, em média, mais 40% de telespectadores que teve nos últimos três anos em que foi transmitida pela RTP.

No Entretenimento, o regresso de "Morangos com Açúcar" e as estreias de "First Dates - O Primeiro Encontro", "50 Horas" e "A Teia" são as grandes novidades para a temperada televisiva que agora se inicia. 

"First Dates" conta com a apresentação de Fátima Lopes e Ruben Rua. Em cada programa os candidatos conhecem o seu par e no final têm de tomar uma decisão: ou dão uma segunda oportunidade ou ficam-se pelo primeiro encontro.

O final da apresentação ficou marcado pelo anúncio do regresso de "Morangos com Açúcar", a novela juvenil que foi um sucesso de audiências durante uma década.

Os Morangos fizeram história, marcaram uma geração, há toda uma geração de talentos de atores que foram criados por esse laboratório da ficção da TVI, temos muito orgulho em trazer isso de volta, sempre numa versão 2.0 ou até 3-0", anunciou Bruno Santos, diretor de programas da estação.

Os espectadores poderão ainda ver "50 Horas", um programa que junta três famílias que, num ambiente hostil, tentam ultrapassar uma série de desafios extremos. Durante 50 horas vão ser sujeitas a duras provas de resistência física e emocional.

Na antena já estrearam os programas "Pesadelo na Cozinha", o novo formato da "Selfie", a série "Onde está Elisa?" e a novela "Valor da Vida". Falta chegar ao pequeno ecrã "A Teia". Trata-se de uma ficção policial, num enredo em que ninguém parece ser culpado. Um homem e uma mulher sem ligação aparente envolvem-se num bizarro assalto a um Banco que resulta na morte dos dois. Perante o impasse na investigação policial, os respetivos filhos (Lara e Simão), decidem desvendar o mistério que levou à tragédia.

Durante a apresentação uma imagem de Ricardo Araújo Pereira foi projetada no palco, com a legenda "2019". O comentador, que integra o "Governo Sombra", é uma aposta da Informação para o próximo ano, mas o formato em que tal vai acontecer não pode, para já, ser revelado.