O presidente do Governo dos Açores declarou esta terça-feira que a situação epidemiológica na região está “controlada”, com sete ilhas sem casos ativos, uma, a Terceira, com apenas um caso, e São Miguel a merecer “algumas preocupações”.

José Manuel Bolieiro, que falava por videoconferência na reunião de especialistas no Infarmed, a propósito do combate à pandemia da covid-19, considerou que a situação epidemiológica nos Açores está “controlada”, com sete ilhas sem casos ativos, uma, a Terceira, com apenas um caso, e São Miguel a merecer “algumas preocupações”.

O líder do governo de coligação PSD, CDS-PP e PPM referiu que “o executivo regional tem estado em contacto permanente com autarcas, diocese, forças de segurança e demais intervenientes da sociedade civil” no âmbito do combate à covid-19, considerando que esta ação se desenvolve também “a partir das ações individuais de cada cidadão e da prudência".

José Manuel Bolieiro referiu que “nos próximos dias será iniciada uma nova campanha de comunicação e sensibilização dos açorianos e açorianas, com ‘outdoors’, presença nas redes sociais e espaços na RTP e Antena 1 Açores“.

O chefe do executivo açoriano marcou presença na qualidade de conselheiro de Estado, tendo integrado a XIX sessão de apresentação sobre a “Situação Epidemiológica da covid-19 em Portugal”.

A reunião contou com apresentações técnicas de epidemiologistas e outros especialistas do Ministério da Saúde, da Direção-Geral da Saúde e de outras instituições públicas.

Os Açores registaram nas últimas 24 horas 17 novos casos de covid-19, todos em São Miguel, e 20 recuperações, na mesma ilha, estando internados 11 doentes, segundo o boletim diário da Autoridade de Saúde.

Na sequência das 1.601 análises realizadas em laboratórios de referência da região, um dos casos diagnosticados refere-se a um viajante, não residente, com resultado positivo no rastreio à chegada.

Os restantes casos foram registados em contexto de transmissão comunitária, sendo que, por concelhos, registaram-se seis na Lagoa, seis em Ponta Delgada, quatro na Ribeira Grande e um em Vila Franca do Campo.

Todos os internados (11) encontram-se no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, sendo que seis estão em Unidade de Cuidados Intensivos.

Foram registadas 20 recuperações, todas em São Miguel.

Os Açores registam atualmente 326 casos ativos, sendo 325 em São Miguel: 146 no concelho de Vila Franca do Campo, 75 em Ponta Delgada, 45 no Nordeste, 35 na Ribeira Grande, 20 na Lagoa e quatro na Povoação.

O restante caso regista-se na ilha Terceira.

A Autoridade de Saúde Regional determinou na segunda-feira, com efeitos a partir de hoje, o encerramento de todos os estabelecimentos de restauração, bebidas e similares nos concelhos que se encontram em nível de Alto Risco (Nordeste e Vila Franca do Campo), sendo permitido apenas o funcionamento em serviço de entrega ao domicílio e ‘take-away’ até às 22:00.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 4.515 casos positivos, tendo recuperado da doença 4.048 pessoas.

Morreram 30 pessoas, saíram do arquipélago 68 e 43 apresentaram prova de cura anterior, tendo sido extintas 199 cadeias de transmissão local.

/ MJC