“No armazém do arguido que acreditamos ser o líder não cabia nem mais uma rolha de tal cheio que estava”, frisou a procuradora do MP.