As autoridades detiveram o alegado autor de uma tentativa de homicídio com arma de fogo, ocorrida no domingo, num bar da localidade algarvia de Altura, concelho de Castro Marim, anunciou, esta terça-feira, a Polícia Judiciária (PJ).

O crime de homicídio na forma tentada deu-se na noite de domingo passado, na localidade balnear do distrito de Faro, quando o agora detido, com 75 anos, se desentendeu com outas pessoas que também estavam no bar e disparou uma arma de fogo, ferindo outro homem, que continua hospitalizado, contextualizou a PJ num comunicado.

Com a investigação desenvolvida, foi possível apurar que a vítima, um homem de 70 anos de idade, foi atingido com três disparos de arma de fogo, que ditaram o seu internamento hospitalar, situação que ainda se mantém", referiu a PJ, sem precisar o tipo de arma usada no crime.

Ainda se desconhecem as medidas de coação a aplicar ao detido, que será hoje submetido a primeiro interrogatório judicial, acrescentou a PJ.

Fonte da família da vítima contou à agência Lusa que o homem está bem e consciente, mas foi atingido numa mão quando a levantou na tentativa de se proteger e tem um projétil "alojado perto de uma virilha", pelo que "ainda não se sabe bem como vai decorrer a sua recuperação" nem "se vai ou não ficar com sequelas".

A mesma fonte lamentou que um desentendimento ocorrido num bar possa dar origem a um incidente com arma de fogo, que poderia ter sido fatal para o seu familiar e para outras pessoas que se encontravam no local.