De norte a sul milhares de pessoas saíram às ruas para festejar esta terça-feira de Carnaval. 

As ruas de Torres Vedras pintaram-se de muitas cores e trouxe consigo as famosas matrafonas. Ali, onde a tradição exige que os homens se mascarem de mulheres, houve espaço para muito samba e sátira política. Nem o coronavírus escapou ao olhar dos foliões.

Também em Loulé, no Algarve, onde o bom tempo quase nunca desilude nesta altura, o tema é o cinema, mas o rei é o samba da cidade maravilhosa.

Mais a norte, em Macedo de Cavaleiros, a aldeia de Podence viu a sua maior enchente de sempre, para ver os caretos a sair à rua, no ano em que o entrudo chocalheiro exibe o selo de património da humanidade atribuído pela UNESCO.

/ JGR