Uma cidadã estrangeira, proveniente de um país africano, foi detida no aeroporto de Lisboa, por transportar consigo heroína suficiente para pelo menos 36 mil doses individuais daquela droga, informou esta sexta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

Segundo adianta a PJ, a heroína vinha dissimulada na bagagem e a detenção da passageira resultou da troca de informações com polícia estrangeira congénere.

A detida, de 69 anos, foi submetida a interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de prisão preventiva.

O caso esteve a cargo da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes