A Polícia Judiciária na Madeira anunciou esta quarta-feira a detenção de cinco pessoas, três homens e duas mulheres, suspeitos do crime de tráfico de droga numa operação que resultou ainda na apreensão de 8500 doses de estupefacientes e duas armas.

Em nota divulgada pelo Departamento de Investigação Criminal do Funchal, as autoridades explicam que, na operação baptizada como «Operação Espada-Preto», as detenções culminaram uma operação iniciada em meados de 2008, na sequência do combate ao tráfico de estupefacientes neste arquipélago.

Fonte da PJ adiantou que os detidos, com idades compreendidas entre os 22 e os 30 anos, são todos madeirenses e residentes em diversos concelhos da região. O comunicado refere também que a PJ realizou seis buscas domiciliárias em diversos pontos da Madeira e contou com a colaboração da PSP região.

Nesta investigação foram apreendidas cerca de sete mil doses individuais de haxixe e pólen de haxixe, mil e cinquenta doses de heroína, duas armas, diversos objectos e documentação relacionada com a actividade ilícita.

Os detidos serão presentes às autoridades judiciárias competentes, para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coacção, informa o comunicado.