O Tribunal de Matosinhos está a julgar uma ex-funcionária da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte acusada por se ter apropriado de mais de 80 mil euros de receitas daquele serviço, disse, esta sexta-feira, fonte judicial.

Os factos reportam-se ao período de 1 de janeiro de 2007 a 30 de abril 2015 e a arguida está formalmente acusada de um crime de peculato.

No julgamento iniciado na quarta-feira, altura em que a arguida optou por não prestar declarações, está em causa a alegada apropriação pela mulher de verbas referentes a pagamentos efetuados pela emissão de licenças de pesca lúdica.

A mulher foi despedida na sequência do processo disciplinar movido pela Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte, de acordo com um aviso publicado no Diário da República em fevereiro de 2017.