O incêndio que deflagrou esta manhã num posto de transformação no interior do Túnel da Avenida João XXI, em Lisboa, que está cortado ao trânsito, foi extinto às 10:55, segundo os bombeiros.

O comandante Tiago Lopes do Regimento de Sapadores Bombeiros disse à TVI que os operacionais se mantêm a efetuar a ventilação do local, que ficou com muito fumo.

No momento do incidente encontravam-se 13 condutores dentro do túnel, que tiveram de deixar os carros.

O vereador responsável pela Proteção Civil na Câmara Municipal, Carlos Castro, acrescentou que o túnel vai manter-se encerrado até que seja feita a inspeção.

Vamos manter o túnel fechado para fazer uma avaliação do local e tomar as necessárias medidas para restabelecer a situação”, disse.

O incêndio, que motivou o corte de trânsito nos dois sentidos pelas 09:29, não fez vítimas.

As autoridades tinham avançado anteriormente tratar-se de um fogo num posto de transformação da EDP.

Num comunicado divulgado entretanto, a EDP Distribuição diz que o posto de transformação e o gerador associado não pertencem à empresa, mas indica que na origem do incêndio esteve uma avaria na rede de média tensão na zona do Campo Pequeno.

As equipas operacionais estão no terreno com vista à rápida resolução, recorrendo a uma central móvel”, refere.

A empresa diz ainda que as causas do incêndio ocorrido na Avenida João XXI “estão a ser apuradas em ligação com a Proteção Civil”.

Cláudia Évora Rafaela Laja / João Pedro Oca - Notícia atualizada às 13:00