A Madeira foi escolhida este ano como ‘Destino Preferido' da Associação Portuguesa dos Agentes de Viagens e Turismo (APAVT), num “momento ideal” para “a superação dos desafios” da pandemia, revelou hoje o secretário regional com a tutela.

A Madeira volta a ser em 2021 o ‘Destino Preferido da APAVT’, tal como já havia acontecido no ano passado”, segundo uma informação divulgada pelo gabinete do secretário do Turismo e Cultura deste arquipélago.

Eduardo Jesus entende “este momento como ideal para promover a superação dos desafios que a pandemia trouxe” ao destino turístico Madeira, acreditando que, “como noutras alturas, a APAVT e todos os seus associados farão parte de um processo que se deseja do maior sucesso”.

Segundo a nota, a apresentação oficial acontece na próxima sexta-feira, através de 'webinar', no qual vão participar o governante madeirense que tutela o setor, Eduardo Jesus, e o presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), Pedro Costa Ferreira, entre outros convidados.

O Governo Regional realça que esta atribuição é “um projeto anual que visa dinamizar os fluxos turísticos para um determinado destino” através do 'marketing' e do trabalho ao nível técnico com os operadores turísticos e com os agentes de viagens.

Recorda que, em 2016, a Madeira foi também selecionada, o que representou um crescimento contínuo do turismo nacional para a região.

É um momento de grande felicidade e consideração com a Madeira, por parte da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo”, diz Eduardo Jesus.

O secretário regional destaca que a relação entre o Governo Regional e a APAVT “tem sido sempre pautada pelo envolvimento comum e entusiasmado, ao longo de todos estes anos”.

O governante insular sublinha a “atitude determinada na inovação” que a Madeira pretende aprofundar no “desenvolvimento desta parceria com a APAVT”.

O turismo é o principal setor da atividade económica da Madeira e um dos mais afetados pela pandemia da covid-19.

/ CE