Estávamos a meio do quente mês de julho quando Cristina Ferreira voltou a abalar o mercado do entretenimento nacional. De forma surpreendente, a 17 de julho, a mais influente personalidade televisiva nacional anunciava o regresso à TVI, menos de dois anos depois de ter ido apresentar as manhãs da SIC.

A apresentadora regressou à "casa mãe" com mais poder e influência do que nunca. Agora, Cristina acumula com a apresentação de programas, o cargo de diretora de Entretenimento e Ficção, é também detentora de uma participação de 2,5% no capital social da Media Capital e assume ainda o cargo de administradora não-executiva.

Um dia alguém me disse que a casa mãe precisava de mim. Olhei e percebi que fazia lá falta. Era preciso reconstruir paredes que tinham caído. Ninguém gosta de ver a casa da mãe a cair. E a filha volta para trabalhar“, escreveu Cristina no instagram, referindo-se aos motivos que a levaram a regressar ao canal onde nasceu enquanto apresentadora de televisão.

 

 O regresso de Cristina à "casa da mãe" foi número um nos assuntos mais comentados no twitter e levou à reação de várias celebridades nas redes sociais. 

Manuel Luís Goucha, companheiro de mais de 15 anos de Cristina Ferreira no programa das manhãs da TVI, “Você na TV!”, publicou uma fotografia com a diretora e escreveu: “Há Dias Felizes”.

Pedro Teixeira, que também é uma das conhecidas duplas de Cristina na TVI, comemorou no instagram.

Aprendemos em criança que devemos voltar sempre ao lugar onde fomos felizes. Quando me despedi disse-lhe: ‘tenho de ir. Preciso! Mas sinto que vamos voltar a encontrar-nos!’. Ficou triste mas deixou-me voar. Que não nos roubem a capacidade de sonhar. Que não nos cortem as asas. Se acreditarmos muito e fizermos por isso, um dia será realidade. Cristina Ferreira, somos sempre a história que fazemos” afirmou Cláudio Ramos, também numa reação à notícia que abalou o mercado televisivo nacional. 

Cristina Ferreira regressou e a diferença nas audiências já se faz sentir

Em julho, último mês da apresentadora na SIC, a diferença para a TVI era de 5 pontos percentuais, no mês de novembro, as duas estações de televisão privadas em sinal aberto, ficaram separadas por apenas 1,8% de share médio. 

Esta é a menor diferença entre a SIC e a TVI, nas audiências, desde março de 2019. Na altura 1,1 pontos percentuais separavam o canal três da estação de Queluz de Baixo. 

Enquanto diretora de Entretenimento e Ficção, Cristina estreou os programas "Dia de Cristina", "Viva a Vida" e "Conta-me". Renovou também, com a sua equipa, o formato "Somos Portugal". Mas a promessa de grandes novidades está feita para janeiro de 2021 com as estreias de "Big Brother: Duplo Impacto" (a dia 3), "Dois Às 10" (a dia 4) e "Goucha", o novo formato das tardes da TVI, a estrear na primeira segunda-feira do ano.

Diogo Assunção