A final da taça da liga será sempre bem recebida em Faro. É pelo menos o que dizem os comerciantes e autarcas da região em resposta aos rumores que dão conta da proibição da realização do evento Estádio do Algarve.

Os desacatos deste fim-de-semana causaram estragos que ascendem aos 30 mil euros. Mais de meio milhar de cadeiras foram destruídas e várias estruturas do estádio ficaram bastante danificadas.

Apesar dos prejuízos causados este fim-de-semana pelos adeptos, em Faro a opinião é unânime, o evento é benéfico para o comércio e para o turismo e deve continuar a realizar-se no Algarve, como acontece há três anos.
Redação / CMM