A TVI teve acesso às imagens do sistema de video vigilância do Centro de Instalação Temporária do SEF que mostram o momento em que os três inspetores do SEF acusados de homicídio de Ihor Homeniuk entram no gabinete onde estava o ucraniano, para, segundo a acusação, o agredirem de tal forma que o homem acabaria por morrer.

São as últimas imagens de Ihor com vida. Na primeira sequência é possível ver o cidadão ucraniano a chegar às instalações acompanhado por um dos vigilantes do espaço e por dois inspetores do SEF.

Quando volta a sair da sala onde esteve, vem agarrado por um vigilante. Ihor chegou a ir ao exterior para fumar, mas acabou por ser imobilizado por os agentes que se encontravam no local, acabando por ser levado novamente para o interior do centro.

De acordo com o processo, a que a TVI teve acesso, estes momentos são descritos como a altura em que o ucraniano se mostrava mais agitado. 

Por volta das duas da manhã, entram vários agentes do SEF na sala onde Ihor se encontrava. Entra também uma equipa de socorristas da Cruz Vermelha, que passa uma hora perto do detido, administrando-lhe um calmante.

Às 8:30 da manhã, fica registado no sistema a entrada dos inspetores do SEF, de luvas calçadas e um deles com o que parece ser um bastão extensível, na sala onde Ihor se encontrava. Passados vinte minutos, voltam a sair. 

Segundo a investigação, terão agredido Ihor com pontapés, socos e com o bastão, acabando por matar Ihor Homeniuk. 

Redação / JGR