O papa Bento XVI promoveu o cardeal português D. José Saraiva Martins à Ordem dos Bispos do Colégio dos Cardeais, atribuindo-lhe o título da Igreja suburbicária de Palestrina, revelou esta quarta-feira a agência noticiosa católica Ecclesia, informa a Lusa.

As sedes suburbicárias são dioceses dos arredores de Roma. Palestrina é uma comuna italiana da região do Lácio, província de Roma, com cerca de 46 quilómetros quadrados e 16.469 habitantes.

«Os cardeais distribuem-se por três ordens (episcopal, presbiteral e diaconal), embora, desde João XXIII, todos recebam o episcopado. Alguns tornaram-se titulares das sedes suburbicárias», explica a Ecclesia, acrescentando: «São estes últimos que podem eleger o Decano do Colégio Cardinalício, que preside ao mesmo sendo considerado como primeiro entre os pares».

D. José Saraiva Martins nasceu em Gagos do Jarmelo (Guarda) e, depois de terminar os estudos liceais, em Carvalhos, no seminário dos Missionários do Imaculado Coração de Maria, partiu para Roma, e aí reside desde os 17 anos. Doutorou-se em Teologia na Universidade de São Tomás e de Filosofia na Universidade Pontifícia Urbaniana.

Foi ordenado presbítero em 1957, bispo em 1988 e cardeal em 2001.

Actualmente, o cardeal Saraiva Martins é membro da Comissão Pontifícia para o Estado da Cidade do Vaticano, com sete cardeais, responsável pelo exercício do poder legislativo.