Um comerciante português da área da panificação foi esta segunda-feira assassinado a tiro na localidade de San Cristóbal, no estado venezuelano de Táchira, revelaram à agência Lusa fontes da comunidade lusa local.

O assassínio ocorreu pelas 14:00 locais (19:30 em Lisboa), quando o comerciante, de 62 anos, chegava à sua padaria depois de ter ido a uma agência bancária.

«Ele foi ao banco para conseguir trocos para ter na padaria e, quando estava a chegar, dois indivíduos a bordo de uma moto tentaram assaltá-lo e, como terá oferecido resistência, deram-lhe um tiro», explicou uma das fontes
Redação / CLC