Um homem de 50 anos foi detido na segunda-feira, no concelho da Amadora, distrito de Lisboa, por transportar no interior do organismo 73 bolotas de cocaína, num total de 6.000 doses, anunciou a PSP, nesta quarta-feira.

Em comunicado, a polícia indica que ”o suspeito deslocou-se às urgências da unidade hospitalar da Amadora, sentindo fortes dores abdominais, sendo acompanhado por outros cidadãos”.

No preenchimento da ficha de entrada, constatou-se que o homem não possuía identificação e, nesse momento, começou a ser acompanhado pelo polícia de serviço, ao mesmo tempo que os cidadãos que o acompanhavam abandonaram o hospital.

Face à atitude suspeita, foram acionados polícias da Esquadra de Investigação Criminal para o local, e após o suspeito ser submetido a diversos exames médicos e de diagnóstico, foram-lhe detetadas no interior do organismo embalagens de produto suspeito de ser estupefaciente”, lê-se na nota de imprensa divulgada.

As embalagens foram detetadas entre o estômago e o intestino e, para a sua remoção, foi “necessário recorrer a uma cirurgia, por existir claro perigo para a vida” do suspeito.

Após a remoção médica, concluiu-se que o homem possuía 73 bolotas de cocaína, que equivaliam a 6.000 doses.

O suspeito, até ao momento, ainda se encontra sob detenção na unidade hospitalar.