O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta vai voltar a funcionar, de forma ininterrupta, a partir das 20:00, desta segunda-feira, após ter estado encerrado desde 18 de novembro de 2019, devido a dificuldades em assegurar a continuidade de escalas que permitissem manter profissionais em número e diferenciação exigidos por lei para a prestação de cuidados de saúde em segurança.

Num comunicado enviado para as redações, o Hospital Garcia de Orta revela que esta reabertura só é possível devido à aposta “no reforço das suas equipas de profissionais”.

Enalteço o contributo de todos os profissionais da nossa Urgência Pediátrica para conseguirmos reabrir o Serviço no período noturno. Só com a enorme entrega, flexibilidade, sentido e espírito de missão e sobretudo, de valorização da “causa pública” pelos nossos médicos, enfermeiros, assistentes operacionais, assistentes técnicos, entre outros profissionais do Serviço de Pediatria, foi possível ultrapassar este período difícil na história do Serviço e dos quase 30 anos do Hospital Garcia de Orta”, sublinhou Luís Amaro, Presidente do Conselho de Administração do hospital.

Atualmente, o serviço conta com 8 médicos assistentes graduados em Pediatria que passam a assumir as funções de chefe de equipa de urgência, um número duas vezes superior aos 4 de 2019.

Para o diretor do Serviço de Pediatria do hospital deve ser também destacado “o empenho de todos os profissionais de saúde do Agrupamento de Centros de Saúde de Almada e Seixal que trabalham diariamente de forma integrada com o Hospital Garcia de Orta EPE, inclusive na Urgência Pediátrica e no atendimento da doença aguda em idade pediátrica, nos cuidados de saúde primários”.