Cerca de 17,5% das pessoas com 65 ou mais anos foram vacinadas contra a gripe, a maioria das quais por recomendação médica, indica um estudo que acompanha em tempo real o ritmo desta vacinação.

Segundo os dados esta quinta-feira divulgados, dentro do grupo das pessoas com mais de 65 anos, 38,8% dos idosos com 80 ou mais anos afirmaram já terem sido vacinados contra a gripe.

Promovido pela Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e pela Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o apoio da empresa biofarmacêutica Sanofi Pasteur, o vacinómetro permite monitorizar em tempo real a taxa de cobertura da vacinação contra a gripe em grupos prioritários definidos pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Nesta época gripal 2021/2022, cerca de 16% dos doentes crónicos também já foram vacinados, assim como 32,2% dos profissionais de saúde em contacto direto com doentes e 9,9% dos portugueses com idades entre os 60 e os 64 anos.

Na análise realizada destacamos também a proteção das mulheres grávidas, com uma cobertura vacinal de cerca de 41,3%, sendo que 35,9% das mulheres grávidas inquiridas não vacinadas ainda tencionam fazê-lo”, referem os dados da primeira vaga do estudo.

Do grupo de pessoas vacinadas, 41,7% optou por receber a vacina devido a recomendação do médico, 30,2% no contexto de uma iniciativa laboral e 19,9% por iniciativa própria, porque procuram estar protegidos contra o vírus da gripe.

Além disso, cerca de 17% do grupo dos 65 ou mais anos de idade vacinados fizeram-no pela primeira vez este ano e 81,7% das pessoas não vacinadas pertencentes a esta faixa etária ainda tencionam vacinar-se.

Em 28 de outubro, a DGS apelou à vacinação contra a gripe e a covid-19, avançando que as pessoas com 80 anos ou mais anos podem fazer o agendamento `online´ para tomarem as duas vacinas.

A DGS apela à vacinação contra a gripe e a covid-19, considerando que esta é decisiva para minimizar o risco de propagação de vírus como o SARS-CoV-2 e da gripe e para diminuir a ocorrência de doença grave”, referiu o organismo liderado por Graça Freitas em comunicado.

Segundo dados do final de outubro DGS, mais de 385 mil já tinham vacinadas contra a gripe.

A primeira fase de vacinação iniciou-se em 27 de setembro, para residentes, utentes e profissionais de estabelecimentos de respostas sociais, doentes e profissionais da rede de cuidados continuados integrados e profissionais do Serviço Nacional de Saúde.

A segunda fase da campanha de vacinação contra a gripe arrancou em 18 de outubro e integra os cidadãos de idade igual ou superior a 65 anos.

/ JGR