Até quarta-feira (14 de abril), foram enviados mais de 175 mil SMS para agendamento da vacinação de pessoal docente e não docente, de acordo com os dados fornecidos pela task force responsável pela vacinação para a covid-19.

"86% responderam a dizer que querem ser vacinados, quase 3% (2,87%) responderam que não vão ser vacinados e 11% ainda não responderam", confirmou a TVI24 junto da task force para a vacinação.

As autoridades de saúde esperam, neste fim de semana, vacinar 180 mil professores e funcionários de creches e escolas do ensino não superior.

No fim de semana de 27 e 28 de março, foram convocados os professores e funcionários de jardins de infância e escolas do 1º ciclo e foram vacinados mais de 60 mil profissionais

A vacinação da restante comunidade educativa acabou por ser adiada devido aos problemas ocorridos com a vacina da AstraZeneca. Os profissionais das escolas vão agora ser vacinados com a vacina da Pfizer/BioNtech.

Lara Ferin