A Guarda Civil espanhola apanhou um cidadão português a conduzir a 228 quilómetros por hora, numa autoestrada perto de Salamanca, em Espanha. O rapaz de 20 anos foi detido pelas autoridades na quarta-feira.

Circulava num automóvel Volkswagen, que foi detetado ao quilómetro 302 da A62, que liga Portugal a Burgos, no norte de Espanha.

Em nota à imprensa espanhola, a Guarda Civil relembrou que todos condutores devem ser conscientes e “devem circular sempre a uma velocidade aconselhada às caraterísticas da estrada”.

As autoridades referiram ainda que nunca deve ser ultrapassado o limite máximo de velocidade, que neste caso em concreto era 120 quilómetros por hora.

Após a detenção, o jovem português foi levado pela polícia para Ciudad Rodrigo. Está a ser investigado enquanto autor de crime contra a segurança rodoviária, mas até agora não foram avançadas mais informações.