A GNR anunciou esta sexta-feira a apreensão de 1100 peças de vestuário alegadamente contrafeito, avaliadas em 25 mil euros, durante uma operação de fiscalização realizada em Trancoso.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à Lusa que os artigos apreendidos estavam na posse de cinco vendedores ambulantes, com idades entre os 20 e os 45 anos, «que os transportavam em carrinhas para serem vendidos na feira semanal de Trancoso».

Os cinco indivíduos, que foram constituídos arguidos, são residentes em localidades dos distritos da Guarda e de Viseu, adiantou a fonte da GNR.