A queda de granizo de julho afetou os vitivinicultores de Trás-os-Montes. Cerca de 400 produtores não podem fazer a vindima porque as vinhas ficaram totalmente danificadas.

A associação dos vitivinicultores do Douro diz que as ajudas prometidas pelo ministério da Agricultura nunca chegaram.
Redação / Joana Soares