«Grândola» e muitas palavras de protesto





Uma dezena de polícias nas escadarias do Parlamento













Redação / AR