Entre as peculiaridades de Lisboa, há um homem estátua verdadeiramente singular.

António Santos é dos motivos mais fotografados na baixa lisboeta pelos turistas. É o homem estátua. Uma ocupação que nasceu por causa de um problema de saúde.

Há 25 anos foi-lhe diagnosticada uma neurodermite, uma doença nervosa sem cura que impede os doentes de trabalharem, a não ser que fiquem imóveis.

Mas este homem estátua tem outros segredos. Veja a reportagem.
Redação